Macarrão Imperial do Emerson!

A receita de hoje é pra lá de especial! É uma criação dos meus padrinhos de casamento Emerson e Papy e está entre as coisas mais gostosas que eu já comi na vida!!! 😀

Tenho certeza que quando você provar também vai amaaaar e ficar com esse sabor na memória para sempre ❤

MI principal

Bora aprender como fazer essa maravilha!

Rendimento: 6 porções

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de gengibre picadinho
  • Pimenta dedo de moça picada – quantidade a gosto
  • 500 g de de shitake fatiado
  • 1/2 peito de frango em cubos, previamente temperados com ajinomoto
  • 250 g de filet mignon em tiras
  • 200 g de peito de peru em tiras
  • 300 g de moyashi (broto de feijão)
  • 2 colheres de sopa de alho frito
  • Óleo de gergelim
  • 100 g de manteiga
  • 100 mL de vinho branco
  • 6 colheres de óleo de gergelim
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 3 colheres de sopa de óleo
  • 500g de macarrão para yakissoba
  • 100mL de shoyo
  • Sal
  • Pimenta do reino moída

MI 1

Modo de preparo

  1. Em uma panela wok grande coloque a manteiga e o azeite
  2. Quando a manteiga estiver derretida adicione o shitake e refogue bem por cerca de 5 minutos
  3. Adicione o vinho, sal e pimenta e refogue.
  4. Tire do fogo e passe para um recipiente e reserve. É muito importante reservar ele com todo o caldo que se formou durante o preparo.MI 2
  5. Na mesma panela, coloque 1,5 colheres de sopa de óleo, adicione a carne e refogue bem com sal e pimenta. Quando a carne estiver cozida e a água estiver soltando da carne, tire do fogo e reserve em outro recipiente.
  6. Agora na mesma panela, coloque o frango e refogue com 2 colheres de óleo de gergelim,  até ficar completamente cozido.
  7. Nesse momento, coloque o macarrão para cozinhar.MI 3
  8. Na panela wok bem quente e em fogo alto, coloque o restante do azeite, adicione  gengibre e a pimenta dedo de moça e refogue.
  9. Adicione o peite de peru e deixe cozinhas por cerca de 3 minutos.
  10. Adicione a carne, o shitake e o frango.
  11. Adicione o moyashi e refogue bem, adicionando o restante do óleo de gergelim e o shoyo.
  12. Coloque o macarrão já cozinho e escorrido.
  13. Adicione o alho frito e um pouco mais de molho shoyo se quiser.MI 4
  14. Sirva quente, e delicie-se 🙂

Emerson e Papy sem palavras pra agradecer vocês, pela criação dessa delícia e por dividir comigo!!! Amo muito vocês!

MI 5

E você, também vai encantar seus convidados com essa delícia? Não esqueça de postar com a #2pitadasdemari e contar o que você achou!

Pitadinhas de Mari C.

Anúncios

[Especial de Natal] – Espaguete de pupunha ao curry

Mais um receita especial para a ceia de Natal chegandooooo… ai como eu amoooo  Natal ❤

A receita de hoje é para aquelas que pessoas que assim como eu não irão comer carne nesse Natal (a razão disso é assunto para outro post…)

pupunha principal

Esse prato não é apenas para o Natal, mas para o ano todo! Além de um sabor marcante e rico em aromas ele é considerado um prato light uma vez que ao invés de macarrão eu usei palmito pupunha! Isso mesmo, substitui o macarrão por palmito cortado em tiras bem fininhas de palmito pupunha! Se você quiser fazer com macarrão tradicional, espaguete de abobrinha (cortando a abobrinha da mesma forma do palmito) fica ao seu critério, tenho certeza que todas as opções vão ser maravilhosas.

O espaguete de pupunha você pode comprar pronto, como eu fiz – paguei R$10,00 no pacote e serve muito bem 2 pessoas. Esse espaguete não contém glúten e tem baixíssimas calorias – 52 calorias na porção generosa (meio pacote). Esse espaguete é muito famoso em diversos restaurantes e pode ser preparado com os mesmos molhos de espaguete normal.

pupunha 1

Se você não encontrar ele já cortadinho, é só comprar palmito pupunha e cortar no capricho com uma faca bem afiada ou com a ajuda de um mandolin. [Eu tenho visto bastante ele já cortado em grandes redes de supermercado e em feiras gastronômicas]

Vamos lá para a receita então!

Ingredientes

  • 400 g de espaguete de palmito pupunha
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1/2 cebola picada
  • 3 dentes de alho picadinhos
  • 1 colher de sopa de gengibre em pó ou gengibre fresco ralado
  • 1/2 xícara de amêndoas
  • 2 colheres de sopa de curry (se você não quiser muito apimentado, sugiro que reduza a quantidade pela metade)
  • 1 xícara de leite
  • 1 colher de sopa de amido de milho (Maizena!)
  • 1/2 caixinha de creme de leite (100g)
  • Salsinha a gosto
  • Sal a gosto

Rendimento: 2 porções generosas 😛

Modo de preparo

  • Vamos começar colocando água em uma panela e levando ao fogo até levantar fervura

pupunha 5

  • Adicione 1 colher se opa de sal e adicione o espaguete de pupunha até ficar completamente submerso. Deixe cozinhar por aproximadamente 10 minutos enquanto você prepara o molho de curry
  • Em uma panela wok ou frigideira grande, coloque o azeite e refogue a cebola e o alho. Adicione o sal.
  • Quando estiverem bem dourados, adicione o gengibre e refogue bem. Sinta esse aroma maravilhoooooso! hahaha
  • Adicione as amêndoas, abaixe o fogo para o mínimo
  • Dissolva o amido e o curry no leite frio, mexendo bem

pupunha 4

  • Tire o espaguete da panela (depois dos 10 minutos de fervura) e escorra a água
  • Coloque a mistura de leite/curry/amido na wok/frigideira e misture bem
  • Coloque o espaguete na wok/frigideira, adicione o creme de leite e a salsinha e misture muito bem. Se quiser um molho mais fluído adicione mais creme de leite – acerte a quantidade de sal

pupunha 3

  • Sirva ao som de Simone cantando então é Natal – daquele CD que sua mãe insiste em colocar para tocar todo Natal!

pupunha 6

E ai, que tal trocar o espaguete por essa delícia super nutritiva?!?! Meu marido não gosta de palmito e amouuuu essa receita! ❤

Não esqueça de postar com a #2pitadasdemari e nos seguir no face e no insta 😉

Pitadinhas de Mari C.

[Massa] Ninhos Recheados

Domingo está quase aí, e como todo mundo sabe, domingo é praticamente lei que tenha alguma massa no cardápio.

E essa que vou te ensinar hoje, além de surpreendentemente fácil e versátil, fica super saborosa e diferente!

Vamos pra receita logo então!

Ninhos Recheados
Rendimento: para  duas pessoas

Ingredientes
1 linguiça calabresa ralada
1 pacote de molho de tomate pronto (ou a mesma medida do seu molho de tomate caseiro)
1 copo de água
Meio pote de requeijão
10 ninhos de macarrão daquele mais fininho (mais ou menos metade de um pacote)
6 dentes de alho picados
Azeite
Sal, pimenta calabresa e orégano a gosto
Salsinha e cebolinha a gosto
Parmesão ralado

1) Em uma panela, coloque um pouco de azeite e três dentes de alho picados. Frite o alho até dourar um pouco.
2) Acrescente a linguiça calabresa ralada e refogue em fogo médio por aproximadamente 5 minutos.
3) Acerte o sal, se necessário, e adicione um pouco de salsinha e cebolinha picadas. Reserve.

[Ninhos Recheados] Calabresa

4) Usando a mesma panela que fez a calabresa, pra pegar o gostinho, coloque mais um pouco de azeite, e a quantidade restante de alho picado. Frite novamente o alho até dar uma dourada.
5) Coloque o molho de tomate (eu usei tomates pelados porque adoro o sabor e não tem tanto conservante e corante como o molho de tomate), a água e acerte o sal.
6) Quando começar a ferver, deixe por mais uns cinco minutinhos. Desligue o forno e reserve.
Dica: não se assuste porque o molho vai ficar bem ralo mesmo e está certo. Ele tem que ficar assim porque depois no forno os ninhos de macarrão vão cozinhar somente nesse molho.

[Ninhos Recheados] Molho

7) Agora é só a montagem! Em uma travessa, coloque metade do molho no fundo.
8) Distribua os ninhos, cuidadosamente para não quebrar, por todo a travessa.
9) Coloque mais um pouco de molho por cima e dentro dos ninhos, pouquinho.
10) Coloque uma colher de sobremesa de requeijão dentro de cada ninho.
11) Coloque uma colher de sopa da calabresa refogada em cima de cada ninho com requeijão.
12) Veja se os ninhos estão na mesma altura do molho. Se não estiver coloque mais molho.
13) Cubra com papel alumínio e leve para forno pré aquecido a 180C por 25 minutos.

[Ninhos Recheados] Montagem

14) Retire do forno, retire o papel alumínio e coloque parmesão ralado por cima de cada ninhos e um pouco de orégano.
15) Volte ao forno, agora sem o papel alumínio, por mais 10 minutos a 230C.
16) Retire do forno e agora é só comer servir.

[Ninhos Recheados] Final

Aí se você preferir, pode substituir a calabresa por frango, carne móída, ricota temperadinha… o que você gostar mais!

Agora é sua vez de fazer essa receita! Estamos esperando sua foto com a #2pitadasdemari 🙂

Pitadinhas de Mari E.

[Especial dia dos pais] – Lasanha ao pesto com batatas e vagens

Hoje é dia dos pais!! Um dia super especial e que merecem almoço tão especial como.

A receita de hoje é uma leitura minha da melhor comida que eu já comi na minha vida!!!! Trata-se de uma lasanha que comi em uma viagem nesse restaurante aqui http://www.signorvino.com/en que eu mega recomendo para quem vai viajar para a Itália, esse prato eu comi na unidade de Milão e fica logo atrás da Duomo di Milano, ou seja, um passeio para lá de charmoso.

lasanha - principal

Essa lasanha consiste em camadas de massa fresca, batatas e vagens ao pesto, resultando num sabor único e muito surpreendente, eu recomendo muito que você faça essa receita para entender melhor o que eu estou tentando explicar 😉 Bora pra receita:

Ingredientes – Pesto

Esse é um molho super clássico para acompanhar qualquer massa, delicioso e super saboroso podemos fazer e deixar na geladeira para usar durante a semana, por isso eu sempre faço e coloco num pote de vidro, na hora que a fome bater é só esquentar na frigideira e adicionar a massa da sua preferência.

3 maços grandes de manjericão fresco
1 xícara de amêndoas trituradas – que vc pode substituir por nozes ou qualquer outra oleaginosa
1 colher de café de sal
2 colheres  de sopa cheias de queijo parmesão ralado
300 mL de azeite de boa qualidade

Modo de preparo – Pesto

  • Triture ou pique o manjericão bem pequeno (se você for usar o processador cuidado para não deixar tempo demais para não ficar uma sopa)
  • Triture as amêndoas
  • Misture o manjericão, as amêndoas, adicione o sal e o queijo ralado.
  • Coloque o azeite

lasanha pesto

Ingredientes – Recheios

Temos 2 recheios para a lasanha:

  1. Vagem ao pesto – 500g

Vamos cozinha a vagem para misturar ao pesto.

Para isso eu utilizo uma técnica chamada branqueamento, que podemos usar para todos os legumes garantindo que eles fiquem cozidos, com uma cor bem viva e linda e ainda crocantes. Essa técnica é ótima para fazer legumes bem lindos e crocantes para uma salada. Você pode depois de fazer o branqueamento, congelar esses legumes, colocando tudo numa assadeira e levando ao frezzer por cerca de 1 hora, e depois transferir tudo para um saco plástico, quando for usar é só descongelar e servir 🙂

Corte as pontinhas da vagem, lave bem e coloque em uma panela com água já fervente.

Espere cozinha e na hora de tirar passe imediatamente para uma bacia com água e gelo. Essa água tem que estar bem gelada. Deixe na água até a temperatura da vagem esfriar. Retire e reserve.

Corte a vagem em pequenos pedacinhos e misture ao pesto.

2. Batatas

Cozinhe as batatas, tire a casca e corte em fatias bem finas no sentido do comprimento.

Elas precisam estar bem firmes porque ainda vão ao forno, então não cozinhe demais.

lasanha - recheios

Molho branco

A receita do molho branco é a mesma que já mostramos aqui para a base do nosso suflê, clique aqui para ver., Vamos precisar de 2 litros desse molho (faça a receita do link X3).

lasanha - molho branco

Montagem

Eu usei para essa lasanha, massa fresca que minha sogra comprou para mim ❤ , o ideal é utilizar a massa fresca, porém se você não tiver pode ser a massa não fresca que vende em qualquer supermercado.

Em um refratário coloque um pouco do molho – isso vai evitar que a massa grude no fundo

Adicione uma camada de massa

Coloque outra camada de massa

Adicione uma camada das batatas

Adicione uma camada das vagens já misturadas no pesto [Falha nossa! Eu esqueci de tirar foto dessa etapa 😦 ]

Coloque outra camada de massa e vá repetindo o processo, até ter 3 camadas de cada

Quando chegar na última camada, adicione molho e coloque uma camada generosa de queijo parmesão ralado

lasanha - montagem

Leve ao forno pré aquecido a 200C por cerca de 30 – 40 minutos

Como eu preparei essa delícia para hoje e ainda não assei, fiz uma versão pequena para tirar as fotos aqui para o blog, que acabou me sugerindo a ideia de porções individuais. Mas prometo atualizar o post com fotos da lasanha que vou servir pro meu pai hoje ❤

Quero aproveitar e mandar um feliz dia dos pais mega especial pro meu papai Décio lindo, meu vô Laercio e para meu sogro que cuida de mim como uma filha Alexandre! Amo vocês seus lindos ❤

lasanha - final

E ai, vai fazer essa delícia para o papai também? Não esqueça de postar com a #2pitadasdemari 😉

Pitadinhas de Mari C.

[MASSA] Conchiglione de Ricota

Domingo é dia de… MASSA!

E nada como fazer uma receita fácil e ao mesmo tempo super diferente pra preencher esse seu dia com essa delícia italiana!

Hoje você vai aprender a fazer conchigliones recheados, e o mais legal é que essa receita também pode ser apreciada por vegetarianos porque não tem carne!

O conchiglione é uma massa em forma de concha que permite que você consiga preenchê-lo com recheios dos mais variados. Parece, mas não é difícil de achar ele no supermercado, é só ir na seção de macarrões que com certeza você vai encontrar de pelo menos umas duas marcas. Eu usei aqui o Petybon, paguei uns 7 reais na caixinha. Super recomendo pelo custo benefício! Ah, na hora de comprar, só dá uma conferida se não estão quebrados, porque eles estarem inteiros é essencial pra receita!

Chega de história e vamos lá pra receita!

Conchiglione de Ricota
Rendimento: Serve 4 pessoas

Recheio
Ingredientes:
250g de ricota
1 colher de sopa de creme de ricota
100g de mussarela ralada
1 ovo
Salsinha e cebolinha a gosto
Sal e pimenta do reino a gosto

1) Em uma tigela, coloque a ricota. Com um garfo, amasse para esfarelar toda ela.
2) Adicione o creme de ricota, a mussarela, a salsinha e cebolinha, o sal e a pimenta e misture.
3) Por último, adicione o ovo. Ele vai ajudar a dar uma “liga” melhor o seu recheio. Reserve.

Conchiglione - RecheioIngredientes restantes

200g de conchiglione (1 pacote)
1 colher de sopa de azeite
1 colher de sopa de alho
1 lata de tomates pelados
Queijo parmesão ralado e orégano a gosto

4) Em uma panela pequena, coloque o azeite e assim que estiver quente, o alho para fritar um pouquinho.
5) Coloque os tomates pelados cortados, acerte com sal e deixe ferver. Reserve.

Conchiglione - Molho

6) Em uma panela, coloque aproximadamente 1,5L de água com um pouquinho de sal para ferver.
7) Assim que ferver, coloque os conchigliones, com muito cuidado para não quebrar.
8) Deixe por 7 minutos e escorra a água.
Dica: É importante que o conchiglione fique al dente e não muito cozido para que não desmanche na hora de rechear, por isso ele fica menos tempo na água.

Conchiglione - Massa9) Pegue um conchiglione e abra com os dedos delicadamente. Com uma colher de chá, coloque um pouco do recheio dentro.
10) Repita isso para todos os outros, e vá colocando em um recipiente que possa ir ao forno. Por baixo, faça uma camadinha de molho pra que a massa não grude no fundo.
11) Coloque o restante do molho por cima dos conchigliones. Por cima, coloque o parmesão ralado e o orégano.
12) Leve para o forno pré-aquecido a 180C por 15 minutos, ou até o queijo derreter apenas.

Conchiglione - MontagemE pronto! Você vai poder impressionar com essa receita que fica linda e super saborosa!

Conchiglione - FinalAgora, quando fizer, tira uma fotinho e posta com a #2pitadasdemari 😉

Pitadinhas de Mari E.

Berinjela multifacetada!

Berinjela é um ingrediente delicioso e que pode ser base para as mais diversas receitas. Muita gente olha ela muito desconfiado, mas após provar se rende ao sabor e as receitas feitas com ela.

Essa receita veio direto da minha amada mãe ❤ que faz diversas formas de berinjela desde sempre para as filhotas 😀

A receita é muitooooo simples e fácil, e chamo de multifacetada porque ela pode ser servida com aperitivo para acompanhar um pãozinho quando vamos receber visitas, recheio de um sanduíche para o dia que estamos com aquela preguiça de cozinhar ou mesmo pode se tornar a peça chave acompanhando um macarrão.

bering final

Ingredientes

2 berinjelas médias cortadas em fatias finas pela altura – se você for servir como aperitivo, recomendo cortar as tirar em 3, assim fica uma apresentação mais legal

1 pimentão vermelho fatiado e sem as sementes

1 pimentão amarelo fatiado e sem as sementes

Se você gostar pode adicionar também o pimentão roxo e o verde, porém o verde é indigesto para muitas pessoas, então eu prefiro não colocar para que todos possam comer

2 cebolas grandes cortadas em meia lua

1 cabeça de alho grande – cortar apenas a tampinha como na foto ai em baixo

1 colher de sopa rasa de sal

1 colher de sopa rasa de açúcar

1 colher de sobremesa de pimenta síria – essa pimenta você encontrar em todos os mercados e ela não arde apenas confere um sabor único, mesmo que você não goste de pimenta eu recomendo que você coloque

raminhos de alecrim (opcional)

1/2 xícara de óleo de canola

1/2 xícara de azeite

1/4 de xícara de vinagre branco

Modo de preparo

Colocar numa forma a berinjela, os pimentões, as cebolas, e o alho.

Misturar tudo e acrescentar o sal, a pimenta, o óleo, vinagre e o azeite mexendo bem para que o sabor possa ser bem uniforme.

beringela 1

 Cubra a assadeira com papel alumínio e leve ao forno por mais ou menos 30 – 40 minutos.

Tire o papel alumínio e deixe no formo por mais 15 minutos, durante esse período abra o forno algumas vezes e mexa bem o conteúdo da forma.

bering 2

Durante esse período, se o alho soltar seus dentes não tem problema nenhum – não esqueça que para comer é necessário tirar a casquinha dele! Ele fica como se fosse um patê bem cremoso e com um sabor super leve – você não vai ficar com o bafo da onça, fique tranquilo 😉

bering 4

Se for servir como antepasto, leve para a geladeira e na hora de servir adicione um pouco mais de azeite.

Dessa vez eu preferi misturar ela num macarrão parafuso que eu cozinhei de acordo com a embalagem – eu usei esse macarrão vermelho mas você pode usar qualquer um de grão curto, assim ele fica bem misturadinho. Não esqueça de colocar um pouco de parmesão ralado e prontinho.

Você pode deixar ela pronta na geladeira e ir usando como preferir por até 5 dias que ela ainda estará maravilhosa.

bering 3

E ai, se animou em receber uns amigos e servir essa delícia?

Não esqueça de tirar foto e postar com a #2pitadasdemari 😉

Pitadinhas de Mari C.

Mini Lasagnas para um feriado preguiçoso

É Carnaval e demos uma atrasadinha no post, mas antes tarde do que nunca!

Pra esse feriado que alguns se esgotam de tanto cair na folia e outros ficam esparramados no sofá o dia todo, trouxe uma receita daquelas BBB = boa, bonita e barata. E também daria pra acrescentar um R de rápida aí nessa sigla.

Nem é um receeeeita, é mais uma montagem e uma maneira diferente e rápida de apresentar a lasagna que é um dos pratos que mais gosto. Eu fiz em uma forma de cupcake, mas se você não tiver, pode fazer naquelas formas de empada que também dá certinho!

Mini Lasagnas
Rendimento: 12 porções

Ingredientes
1/2 rolo de massa de pastel
3 colheres de sopa de cream cheese
6 colheres de sopa de massa de tomate
200g de presunto
200g de mussarela
Orégano a gosto
Óleo, azeite ou margarina para untar

1) Pré-aqueça o forno por 10 minutos à 200C.
2) Unte a forma de cupcakes ou forminhas de empada.
3) Corte a massa de pastel em quadrados de aproximadamente 10 cm x 10 cm.
4) Coloque dentro das forminhas de modo que fiquem “bem distribuídas” nas paredes. Puxe as pontinhas da massa para não ficarem caídas.

Mini Lasagna - Massa

5) Misture o cream chesse com uma colher de chá de orégano e coloque dentro das massas.
6) Por cima, coloque o molho de tomate.
7) Acrescente o presunto picadinho e a mussarela, no caso aqui, ralada.
8) Polvilhe orégano por cima e leve ao forno por 25 minutos.

Mini Lasagna - Montagem

Aí é só comer quentinho! Dá pra trocar o recheio pelo que você quiser também, use a criatividade!

Mini Lasagna - Final

Quando for fazer sua versão tira uma foto com a #2pitadasdemari pra gente ver também!

Pelas mãos de Mari E.

[Referência de Livro] – Tortellini ao pesto com tomate cereja e macadâmias

Hoje é dia de massa!

IMG_0074

A receita de hoje é uma daquelas deliciosas, super práticas e que ficam prontas num piscar de olhos. Ela foi adaptada de uma receita do Jamie Oliver (do livro 30 minutos e pronto!), mas retirei as anchovas porque meu marido é enjoado e não gosta não tinha anchova em casa.

Esse molho pode ser usado com qualquer tipo de massa, mas fica ainda melhor quando temos uma massa de tamanho pequeno ou recheadas.

Rendimento

2 porções generosas

Ingredientes

2 Colheres de chá de parmesão ralado grosso

3 Colheres de chá de macadâmias (podendo ser substituídas por amêndoas ou nozes)

2 Dentes de alho

½ pimenta dedo de moça sem sementes (se não gostar de pimenta não precisa colocar)

1 maço de manjericão fresco

Sal à gosto

Azeite de oliva

300g de tomate cereja

250g da massa de sua preferencia – usei esse tortelline recheado de parma que minha sogra trouxe de presente de uma viagem ♥

Modo de preparo

  • Coloque a massa para cozinhar, seguindo as recomendações da embalagem.

IMG_0036_Fotor_Collage

  • No processador de alimentos (pode ser no liquidificador também) colocar o parmesão, o alho, a pimenta, 1 colher de sopa de azeite e as macadâmias. Triturar tudo até formar uma pastilha.

Foto 1 - Preparo molho part 1

  • Adicionar ao processador o manjericão e o sal (Cuidado pois o parmesão já tem sal) – Reserve essa pastinha.
  • Triture no processador 2/3 dos tomatinhos cereja, e misture a pastinha que estava reservada.

IMG_0045_Fotor_Collage

  • Corte o restante dos tomatinhos (1/3) na metade.
  • Nesse momento, a massa já deve estar cozida, escorra e reserve 1 concha da água utilizada no cozimento.
  • Numa frigideira já quente, coloque essa mistura da pastinha de manjericão com os tomates triturados.
  • Assim que começar o cozimento, adicione a massa, os tomatinhos e a água que estava reservada.
  • Mexa bem durante 3-5 minutos em fogo médio.

IMG_0058_Fotor_Collage

  • Decore com algumas folhas do manjericão fresco, parmesão ralado e algumas macadâmias inteiras.

PS: Se você quiser adicionar as anchovas, bastar triturar 100g junto com a pastilha de manjericão.

IMG_0066_Fotor_Collage

Além de ser uma delicia e ficar pronta super rápida ainda temos a vantagem de sujar pouquíssima louça, ideal para aquele dia que recebemos uma visita inesperada ou mesmo num sábado chuvoso de preguiça (como foi o meu caso 😛 )

Não esqueçam de nos seguir também no Instragram (2pitadasdeMari)

Pelas mãos de Mari C.