[Especial de Natal] – Espaguete de pupunha ao curry

Mais um receita especial para a ceia de Natal chegandooooo… ai como eu amoooo  Natal ❤

A receita de hoje é para aquelas que pessoas que assim como eu não irão comer carne nesse Natal (a razão disso é assunto para outro post…)

pupunha principal

Esse prato não é apenas para o Natal, mas para o ano todo! Além de um sabor marcante e rico em aromas ele é considerado um prato light uma vez que ao invés de macarrão eu usei palmito pupunha! Isso mesmo, substitui o macarrão por palmito cortado em tiras bem fininhas de palmito pupunha! Se você quiser fazer com macarrão tradicional, espaguete de abobrinha (cortando a abobrinha da mesma forma do palmito) fica ao seu critério, tenho certeza que todas as opções vão ser maravilhosas.

O espaguete de pupunha você pode comprar pronto, como eu fiz – paguei R$10,00 no pacote e serve muito bem 2 pessoas. Esse espaguete não contém glúten e tem baixíssimas calorias – 52 calorias na porção generosa (meio pacote). Esse espaguete é muito famoso em diversos restaurantes e pode ser preparado com os mesmos molhos de espaguete normal.

pupunha 1

Se você não encontrar ele já cortadinho, é só comprar palmito pupunha e cortar no capricho com uma faca bem afiada ou com a ajuda de um mandolin. [Eu tenho visto bastante ele já cortado em grandes redes de supermercado e em feiras gastronômicas]

Vamos lá para a receita então!

Ingredientes

  • 400 g de espaguete de palmito pupunha
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1/2 cebola picada
  • 3 dentes de alho picadinhos
  • 1 colher de sopa de gengibre em pó ou gengibre fresco ralado
  • 1/2 xícara de amêndoas
  • 2 colheres de sopa de curry (se você não quiser muito apimentado, sugiro que reduza a quantidade pela metade)
  • 1 xícara de leite
  • 1 colher de sopa de amido de milho (Maizena!)
  • 1/2 caixinha de creme de leite (100g)
  • Salsinha a gosto
  • Sal a gosto

Rendimento: 2 porções generosas 😛

Modo de preparo

  • Vamos começar colocando água em uma panela e levando ao fogo até levantar fervura

pupunha 5

  • Adicione 1 colher se opa de sal e adicione o espaguete de pupunha até ficar completamente submerso. Deixe cozinhar por aproximadamente 10 minutos enquanto você prepara o molho de curry
  • Em uma panela wok ou frigideira grande, coloque o azeite e refogue a cebola e o alho. Adicione o sal.
  • Quando estiverem bem dourados, adicione o gengibre e refogue bem. Sinta esse aroma maravilhoooooso! hahaha
  • Adicione as amêndoas, abaixe o fogo para o mínimo
  • Dissolva o amido e o curry no leite frio, mexendo bem

pupunha 4

  • Tire o espaguete da panela (depois dos 10 minutos de fervura) e escorra a água
  • Coloque a mistura de leite/curry/amido na wok/frigideira e misture bem
  • Coloque o espaguete na wok/frigideira, adicione o creme de leite e a salsinha e misture muito bem. Se quiser um molho mais fluído adicione mais creme de leite – acerte a quantidade de sal

pupunha 3

  • Sirva ao som de Simone cantando então é Natal – daquele CD que sua mãe insiste em colocar para tocar todo Natal!

pupunha 6

E ai, que tal trocar o espaguete por essa delícia super nutritiva?!?! Meu marido não gosta de palmito e amouuuu essa receita! ❤

Não esqueça de postar com a #2pitadasdemari e nos seguir no face e no insta 😉

Pitadinhas de Mari C.

Anúncios

[ESPECIAL DE NATAL] PRATO PRINCIPAL

Continuando nosso ritmo de final de ano, hoje trouxemos uma receita de prato principal muito natalina: CHESTER!

Olhando essa ave crua, você pode pensar que vai ser impossível conseguir dar sabor e assar ela direitinho, mas acredita em mim, dá pra fazer e não é difícil!

Então prepare seu forninho que vamos pra mais uma receita de fim de ano!

CHESTER COM BATATAS RÚSTICAS

Ingredientes:
1 Chester
150g de manteiga
1 pacote de salsinha e cebolinha
1 limão Tahiti
Raspas de um limão siciliano
3 ramos de alecrim
1 cebola pequena
Sal a gosto

1) Tire o Chester da embalagem e retire o saquinho de miúdos que vem dentro dele.
Dica: se você gostar, pode aproveitar esses miúdos para fazer uma bela farofa!
2) Começando pela parte inferior do peito, vá desgrudando com a mão, a pele da carne, sem retirá-la, com muito cuidado

[CHESTER] DESGRUDANDO PELE

3) Derreta um pouco a manteiga e adicione salsinha e cebolinha a gosto (mas não todo o pacote, porque vamos usar uma parte daqui a pouco), raspas do limão Tahiti, raspas do limão siciliano e sal.
4) Leve a manteiga para o congelador por mais ou menos 10 minutos para que ela volte à uma consistência pastosa.

[CHESTER] MANTEIGA TEMPERADA

5) Com o Chester virado com o peito para cima, pegue um pouco da manteiga temperada com as mãos, e vá colocando naquele espaço que você abriu, entre a pele e a carne do Chester. Coloque sobre todo o peito, coxas e lados.
6) Passe o restante da manteiga na parte externa do Chester.

[CHESTER] PASSANDO MANTEIGA

7) Para garantir que seu Chester não vai ficar seco, coloque dentro daquela cavidade onde estavam os miúdos, um limão Tahiti cortado ao meio (use aquele mesmo que você tirou as raspas), a cebola cortada em quatro e amarre um punhadinho de salsinha e cebolinha com o alecrim, colocando lá dentro também.
8) Para finalizar, amarre as coxas com uma linha ou barbante e espete as asas junto do corpo do Chester.

[CHESTER] STUFFING E AMARRANDO

9) Embrulhe as coxas e as asas com papel alumínio e leve para assar por 30 minutos (em forno pré-aquecido) a 200C.
Dica: as coxas e asas devem ser embrulhadas no início para que não dourem muito mais rápido que o peito e fiquem duras ao finalizá-lo.
10) Depois dos primeiros 30 minutos, seu chester vai estar dourado já, mas não cozido. Então diminua a temperatura para 180C e deixe assar por mais 2 horas e meia.
11) Para as batatas, coloquei em uma assadeira 1 kg de batatas com casca (e bem lavadinhas, claro) com 4 colheres de sopa de azeite, alecrim e sal a gosto. Levei para assar a 200C por 1 hora com papel alumínio sobre a assadeira. Depois, na última meia hora do Chester no forno, coloquei elas em volta dele para terminarem de assar juntos.
(Falha Nossa! Não tirei fotos assando as batatinhas. :()

[CHESTER] FOTO FINAL

Aposto que você já está ouvindo os sininhos do Natal com essa receita! Juro que não é difícil fazer, foi a minha primeira vez assando um Chester e olha como ele ficou bonito!

Inclui essa receita na sua ceia e tira uma foto pra gente ver! Posta com a #2pitadasdemari 😉

Pitadinhas de Mari E.

[Especial de Natal] – Entradas

Dezembro chegou e o Natal está logo ai, como eu amooooo essa época do ano ❤ e as comidas dessa época também! 😉

Por isso, esse mês vamos trazer alguns posts especiais para ajudar nossos queridos leitores a prepararem suas ceias de Natal.

pate principal_Fotor

Hoje trago 2 idéias de entradinhas, para você servir aos convidados enquanto o Peru de Natal está assando. As duas possuem ingredientes muito parecidos, porém os sabores são bem diferentes!

Tomatinhos ao pesto

A primeira idéia (pq é tão fácil que quase não posso chamar de receita0 trata-se de tomatinhos ao pesto, que além de deliciosos e saudáveis não super refrescantes para nosso verão tropical!

Ingredientes

  • Tomatinhos cereja inteiros, etão sugiro que você utilize tomates pequenos que possam ser colocados na boca de uma só vez, ok?
  • Mussarela de búfala cortade em 4 partes
  • Molho pesto que já ensinamos aqui  mas sem as amêndoas, ok?

Modo de preparo

Basta espetar o tomatinho e a mussarela já cortada no palitinho. Ai você vai colocar na recipiente que vai servir e colocar o pesto por cima, mais simples impossível, né?!?!

entrada 1

Patê de tomate seco ao pesto

Essa receia eu faço já fazem muitos anos, desde que comi essa delícia na casa da minha sogra e nunca mais consegui viver sem ela! Ela faz o maior sucesso e é sempre muito pedida em eventos familiares.

Ingredientes – “massa”

  • 1 pote de iogurte (170g)
  • 1 pacote de gelatina incolor (12g)
  • 500 g de cream cheese
  • 1 colher de sopa cheia de mostarda
  • 1 colher de café de sal

Modo de preparo – “massa”

  • Bata no liquidificador o iogurte, a mostarda, o sal e o cream cheese até obter um creme homogêneo

pate 1

  • Hidrate e dissolva a gelatina incolor de acordo com a recomendação da embalagem (varia de marca para marca)
  • Adicione a gelatina já dissolvida no liquidificador e bata bem

pate 2

  • Eu utilizei uma forma de pão para enforma-lo, mas você pode fazer de qualquer formato – eu inclusive já fiz ele quadradinho e usei uma tuppareware para ser a minha “forma”. Você deve forrar o recipiente que escolher com um plástico filme ou saquinhos desses que usamos para congelar as coisas, isso vai facilitar muitoooo na hora de desenformar.
  • Coloque metade da massa do liquidificador no recipiente com o plástico e leve ao freezer enquanto preparado o recheio – o tempo de freezer não deve ser superior a 20 min, ok? Se você precisar de mais tempo para preparar o recheio, coloque  na geladeira após s 20 minutos.

pate 3

  • Reserve o restante da massa em temperatura ambiente enquanto isso.

Ingredientes – Recheio

  • 200g de tomates secos picados beeeem pequenininhos (eu corto eles com uma tesoura pra ficar mais fácil, mas pode ser picado na faca também)
  • 2 maços de manjericão finamente picados – eu trituro no processador 😉
  • 1/2 xícara de azeite
  • Sal a gosto (1/2 colher de café é minha recomendação…rs)
  • Modo de preparo – Recheio
  • Misture todos os ingredientes e prontooooo!

pate 4

  • Retire a massa que estava no congelador e adicione todo o recheio, espalhando suavemente para que ele ocupe toda a superfície da massa e não afunde.
  • Coloque o restante da massa por cima

pate 5

  • Leve para a geladeira por no mínimo 5 horas
  • Desenforme virando o recipiente e depois removendo o plástico
  • Coloque algumas folhas de manjericão fresco e um fio de azeite para decorar
  • Sirva com torradinhas ou um pão fofinho, utilizando uma faquinha para “cortar” o patê

pate 6

E ai, o que você vai fazer de delícia para a ceia de Natal? Quer ver alguma receita por aqui? Conta pra gente nos comentários! E não esqueça de curtir nossa página no face e no insta! 😉

Piadinhas de Mari C.